Melo Gouveia iguala a sua melhor marca da época

Numa prova ganha pelo campeão do Open de Portugal de 2017, o inglês Matt Wallace, Ricardo Melo Gouveia terminou hoje o Hero Indian Open, em Nova Deli, empatado no 16.º lugar com mais cinco jogadores, o que iguala a sua melhor marca da época de 2017/2018 no European Tour – em Dezembro alcançara semelhante posição por ocasião do AfrAsia Bank Mauritius Open. Ao mesmo tempo, arrecadou o seu maior prémio monetário da época, no valor de €18.016.

No Par 72 do DLF Golf & Country Club, o português tinha iniciado a última volta no nono lugar, com 213 pancadas (69-73-71), 3 abaixo do par, tantas como o inglês Aaron Rai e o norte-americano Paul Peterson, mas a fechar assinalou um 74 que o fez cair sete lugares na tabela, com um total de 288 pancadas (par), muito por culpa dos quatro bogeys consecutivos entre os buracos 9 e 12. Valeu a minimização dos danos nos últimos seis buracos, com dois birdies e quatro pares.

Este foi o quarto torneio consecutivo de Melo Gouveia depois passagens por Omã, Qatar e África do Sul, e agora segue-se uma paragem uma paragem de quatro semanas até ao Open de Espanha (12-15 de Abril), pois os próximos dois torneios no circuito são o WGC-Dell Technologies (21-25 de Março) e o The Masters (5-8 Abril), onde o português não tem entrada.

Matt Wallace foi o vencedor na Índia após bater no primeiro buraco do play-off, com um birdie 4, o compatriota Andrew Johnston – tinham terminado os 72 buracos regulamentares empatados com 277 (-11). O indiano Shubhankar Sharma, a grande revelação mundial de 2018 até ao momento, com duas vitórias no European Tour e o 9.º lugar no passado domingo no WGC-Mexico Championship, actual 66.º no ranking, caiu do primeiro lugar para 7.º ao concluir a última volta com 75.

 

fonte - golftattoo.com